Assessoria Educacional - Cursos, formações e oficinas

A LT Comunicação & Educação oferece aos professores do ensino fundamental, do setor público e privado, cursos de formação e capacitação presenciais e online, oficinas e palestras sobre práticas de leitura, letramentos digitais, tecnologias na educação, educação antirracista e educação midiática. Sua equipe é formada por profissionais especialistas, mestres e doutores.

CURSOS E OFICINAS

 

Abaixo as capacitações que são oferecidas atualmente nos formatos de cursos de formação continuada, com carga horária de 40h a 60h, ou de oficinas, com carga horária de 8h, para semana ou jornada pedagógica. O público-alvo são os professores da educação básica, dos níveis fundamental e médio

 

 

1. LETRAMENTOS DIGITAIS

 

Docente: Andréa Beatriz Hack

1.1. Justificativa

 

Em um contexto social fortemente marcado pelas tecnologias de informação e comunicação (TICs), apresenta-se a necessidade da escola responder às demandas para formação dos professores e alunos. Diante do desconhecimento de boa parte dos profissionais de educação sobre os letramentos digitais, este curso pretende preencher esta lacuna na formação docente.

 

1.2. Objetivos

 

  • Suscitar reflexão crítica sobre a presença e papel das novas tecnologias digitais na educação;

  • Conhecer os letramentos digitais e perceber sua importância e necessidade nos processos de ensino e aprendizagem;

  • Apresentar os letramentos digitais enquanto cultura e domínio a ser apropriado e explorado pela escola;

  • Propor atividades práticas não necessariamente dependentes de suporte tecnológico e conexão.

1.3. Metodologias

 

  • Exposição dialogada - fundamentação teórica e conceitual;

  • Proposição de atividades práticas com vistas à aplicação em aula;

  • Incentivo à troca de experiências para aprendizado coletivo e colaborativo.

 

1.4. Conteúdo

 

Letramento digital, inclusão e exclusão digital, educação escolar e letramento digital, letramento em rede, hipertexto, práticas escolares (celular, jogos, multimídia).

2. PRÁTICAS DE LEITURA A PARTIR DE CIRANDAS LITERÁRIAS

 

Docente: Fabíola Chafin Gomes

 

2.1. Justificativa

 

A leitura está presente no dia a dia mesmo que não se perceba. Na escola, na praça, na praia, no supermercado, no ônibus. Este curso de capacitação para professores tem o intuito de contribuir para a reflexão sobre as práticas de leitura e oportunizar a concepção de sequências didáticas que favoreçam a experiência da leitura literária e reafirmem o letramento literário na escola, a fim de produzir sentidos, legitimar linguagens e ampliar as experiências estéticas dos estudantes.

 

A leitura literária pode permitir ao leitor acessar o texto de diferentes maneiras, seja sob aspectos cognitivos, afetivos ou estéticos. Neste sentido, o texto literário não pode estar restrito às questões interpretativas dos livros didáticos seguindo orientações curriculares, minimizando a literatura a um estado de estagnação, distanciada do seu caráter emancipador e de humanização.

 

Pensar em uma escola justa e democrática é pensar numa escola que reconheça as desigualdades, e permita aos estudantes construir a si mesmos a partir de sua história, seus saberes e aqueles considerados de alto prestígio. Isto significa que a escola não basta comprometer-se com o letramento linguístico somente, ela deve enquanto agência social garantir também o letramento literário para transformar as desigualdades. A prática de leitura a partir de rodas de leitura oportuniza aos participantes serem protagonistas do ato de ler, em que todos possam opinar, refletir, debater, sempre considerando os aspectos sociais, culturais e históricos dos sujeitos.

2.2. Objetivos

 

  • Ofertar capacitação aos professores a fim de contribuir para a reflexão sobre as práticas de leitura e o letramento literário;

  • Fomentar a leitura literária, a partir de rodas de leitura;

  • Desenvolver produções artístico-culturais e reafirmar o letramento literário;

  • Oportunizar a concepção de sequências didáticas que favoreçam a experiência da leitura literária.

 

2.3. Metodologias

 

  • Etapa I: Apresentação/formação - Apresentação do memorial pessoal, formação, vivências e constituição de professora, referencial teórico;

  • Etapa II: Linguagens - O que é linguagem? Exemplos e experiências de linguagem.

  • Etapa III: Literatura como proposta metodológica - A literatura como norteador do processo ensino/aprendizagem; eixos/descritores; rodas de leitura/livros de autores contemporâneos.

  • Etapa IV: Vivências - experienciar as rodas de leitura, elaboração de sequências didáticas, multiletramentos, sugestões de recursos digitais.

3. EDUCAÇÃO MIDIÁTICA

 

Docente: Laércio Torres de Góes

 

3.1. Justificativa

 

O contexto de excesso de informações do nosso tempo é um desafio ao senso crítico para selecionar, consumir e compartilhar mensagens com responsabilidade. É preciso interpretar intenção, autoria e contexto, dominar as ferramentas e as linguagens que nos permitem ter voz na comunicação digital. A educação midiática é a habilidade de ler criticamente e participar de forma ativa do mundo conectado em que vivemos, de conteúdo, das notícias e da informação no ambiente digital.

 

Educar para as mídias pretende mudar a relação dos jovens com o conhecimento para que, num contexto de abundância de informação, aprendam usar os recursos das mídias, da internet e das ferramentas digitais para apoiar não só a aprendizagem, mas também a construção de uma cidadania plena. É necessário capacitar o aluno para a construção autônoma de conhecimento através da mediação do professor e da escola, que se tornam-se cada vez mais importantes, estimulando sua autonomia e o seu senso crítico.

3.2. Objetivos

 

  • Refletir sobre o papel das mídias na educação;

  • Apresentar como as mídias podem apoiar a aprendizagem e a construção de uma cidadania plena;

  • Propor atividades que capacitem o aluno para a construção autônoma de conhecimento através das mídias;

  • Colaborar com a elaboração e desenvolvimento de propostas pedagógicas que estimulem a autonomia e o senso crítico dos alunos no uso das mídias;

  • Contribuir com o domínio dos recursos das mídias, da internet e das ferramentas digitais para a aprendizagem, a construção da cidadania e a produção de conteúdo na comunicação.

 

3.3. Metodologia

 

  • Aula expositiva

  • Exibição, análise e debates de conteúdos midiáticos

  • Análise de exemplos de educação midiática

 

3.4. Conteúdo

 

  • Conceito de educação midiática

  • Jovens, crianças e mídia

  • Desafios da mídia aos processos educativos

  • O uso dos meios de comunicação no contexto escolar

  • Relação entre os meios de comunicação e a educação

  • Educação para as mídias

  • Comunicação popular, alternativa, comunitária.